Atualizado: 03 de Maio de 2015 Web Master: Paulo Moura
ENTRAR
PRINCIPAL
O SHETLAND
PADREADORES
MATRIZES
FILHOTES
SAUDADES
LINKS
E-MAIL
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
DOAÇÕES
EVENTOS
NINHADAS

HANDLER

CLARISSA FAIG

História  

Os Cães Pastores de Shetland ("Shetland Sheepdog"), ou "Shelties" como são mais freqüentemente chamados, geralmente se assemelham a um Collie em miniatura. Embora sejam freqüentemente chamados de "Mini Collie" ou "Collie Miniatura", o Sheltie é de fato uma raça distinta e separada e não foi criado a partir do Collie e sim em paralelo com ele.

A raça evoluiu de robustos antepassados que viveram nas Ilhas Shetland do Norte, localizada na costa nordeste da Escócia. Esta ilha é conhecida pelos Pôneis de Shetland e pelas ovelhas também de tamanho reduzido. O Pastor de Shetland é um cão ágil e ligeiro, o que permite que possa movimentar-se perfeitamente por terrenos rochosos e irregulares.

O Sheltie desenvolveu-se no início do século XIX a partir da introdução na ilha de ancestrais dos Collies atuais e outras raças tais como pastores islandeses e noruegueses que se mesclaram com cães primitivos já existentes na ilha resultando em um excelente cão de pastoreio, um guarda sempre alerta, e um companheiro inteligente e afetuoso. A atenção da raça e a vontade dele para obedecer eram qualidades desejadas e aperfeiçoadas igualmente pelos fazendeiros e pelos pastores da ilha.

Temperamento

Os Shelties têm um intenso desejo de agradar seus donos e uma enorme capacidade de amor e afeto - embora possam ser reservados com estranhos. Eles são de excepcional capacidade para treinamento, companheiros responsáveis, e também excelentes para trabalhos de obediência, pastoreio e agility - onde se destacam em todas as competições que participam. Os Shelties desenvolvem uma lealdade duradoura aos donos.

É uma raça que em hipótese alguma foi feita para ser criada reclusa em um canil ou abandonada no fundo do quintal - ela exige e necessita participar da família e principalmente do dia a dia de seu dono. Os Shelties são naturalmente alertas e protetores, e, latirão para informar que algo está diferente no reino deles. A afinidade natural deles com crianças os torna companheiros gentis e amorosos. Ao contrário de outras raças, não existem grandes diferenças no temperamento entre machos e fêmeas, sendo os dois igualmente afetuosos, amigos e obedientes.

O instinto de Pastor ainda existe fortemente nos shetlands atuais. Esta característica pode ser observada claramente ao passear com a família. Ele tentará manter todos juntos e ficará agitado se alguém se separar do grupo.

A todo Sheltie deve ser dada logo cedo, após completa sua vacinação inicial, uma variedade de experiências como início de seu treinamento. Este treinamento, ou socialização, pode e deve incluir viagens para o parque, plays, shopping center (se possível), a casa de um amigo, ou outros lugares onde seu Sheltie seja bem-vindo. Esta socialização logo cedo ajudará o Sheltie jovem a desenvolver um temperamento inicial amigável e amadurecerá seu lado sócio familiar gentil e amoroso que poderá se ajustar em circunstâncias estranhas.

Cuidado e Exercício

Os Shelties têm uma pelagem com pêlo e sub-pêlo. A pelagem exterior consiste em pêlos longos, retos, grossos e macios enquanto, a base é pequena, peluda, e muito densa. Machos maduros têm uma pelagem mais impressionante que as fêmeas. Quanto ao cuidando, suas necessidades dependerão do tipo e qualidade da pelagem. Geralmente, o Sheltie é um cachorro muito limpo, e em média precisa de apenas uma escovação semanal, sendo duas escovações semanais o ideal (é útil aplicar um spray em nuvem com água quando estiver escovando - evita a quebra dos pêlos). 

Com água adequada, uma boa nutrição (usando uma boa ração, recomendo a Purina Pro-Plan), visita ao veterinário regularmente e cuidados do dono (amor, carinho, atenção, etc), os Shelties pode viver até 14 anos facilmente. Quando adulto seu peso varia entre 6 e 10 quilos.

Coloque seu Sheltie imediatamente sobre supervisão veterinária, tenha certeza de que recebe suas vacinas corretamente e lhe é administrado regularmente vermífigo. Relembre seu veterinário que em hipótese alguma o seu Shetland poderá fazer uso de vermífugos a base de ivomectina.     
Seu cachorro deve ter recebido todas as vacinas e reforços antes de ser exposto à população animal em geral ou seja, dar seu primeiro passeio na rua. Mantenha seu Sheltie em uma área segura. Siga as leis locais (use guia ao sair) e esteja mais tranquilo usando em seu cão algum tipo de identificação (tatuagem, microchip, plaquinha de identificação ou etiqueta de nome) no caso de seu cachorro ser perdido ou roubado.     
 

Seja feliz. Shelties precisam de uma boa quantidade de exercícios na forma de passeios diários e sessões de jogos e atividades. Com o amadurececimento, seu Sheltie se adaptará prontamente a seu estilo de vida e se sentirá bem em quase todo ambiente que visite em sua companhia.

 

 PADRÃO DA RAÇA

Visitante número:
37.989

APOIO

FILIADO AO:

INFORMAÇÕES

Paulo Moura

(21) 2644-6345 ou (21) 8869-5399

E-mail: paulo@shetland.com.br

Copyright 2005 Estação do Cão
Todos os Direitos Reservados
.